quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Entrevista do Thiago Sestini para a Gazeta de Limeira publicada também no EPTV.COM


Pedra Letícia lança disco com músicas inspiradas em bandas dos anos 80 que sabiam fazer rir


Grupo nasceu em Goiânia há sete anos

30/01/2012 - 14:46
Alterar o tamanho da letra A+A-
Houve um tempo em que bandas que misturavam música e humor, como Língua de Trapo, Blitz e Ultraje a Rigor, fizeram bastante sucesso. Se depender de Fabiano Cambota (vocal e violão), Zé Junqueira (bateria), Thiago Sestini (percussão), Xico Mendes (guitarra) e Kuky Sanchez (baixo), essa época vai voltar. Eles formam o Pedra Letícia, grupo que nasceu em Goiânia há sete anos tocando em botecos, estourou na internet e ganhou enorme visibilidade ao participar do “Domingão do Faustão”.
“Eu Não Toco Raul”, primeira música que Cambota compôs para a banda, já dava o tom do que se seguiria. Amealhando fãs nas mais diversas faixas etárias, o Pedra Letícia lançou no final do ano passado um novo álbum, “Eu Sou Pedreiro”, que traz 12 faixas inéditas e a regravação de “Mas I LoveYou”, de Raul Seixas e Rick Ferreira. Sobre a atual fase do quinteto, o percussionista Thiago deu a entrevista a seguir.
Quem é a tal da Letícia que dá nome à pedra?(Risos) A Letícia não existe. O nome da banda surgiu de uma brincadeira que o Didi, dos Trapalhões, fazia com aquela música da novela “O Astro”. Ele fazia uma paródia e cantava pedra Letícia em vez de ametista. Na época, o Cambota achou engraçado, mas o nome da banda não tem nenhum significado. Muita gente fica decepcionada quando contamos isso. (risos)
Como vocês formaram a banda?Eu tinha um bar em Goiânia e contratei o Cambota e um parceiro dele pra tocarem lá. Depois de um tempo, entrei pra banda e, quando o bar fechou, tivemos que procurar outros lugares pra tocar.
Vocês tocavam composições próprias?Não, era só cover. Mas a gente fazia cover fora do padrão de bar pra fugir da mesmice. O Cambota tinha uma música que ele fez na adolescência, mas só tocava em churrasco, porque não tinha coragem de tocar nos shows. Na hora do bis, quando estavam só os amigos reunidos, a gente começava a fazer graça. Aí o pessoal começou a chegar pro bis, que era a parte mais interessante do show. Tivemos que diminuir o show e aumentar o bis. Então começamos a colocar nossas músicas no repertório.
Como é o esquema de composição de vocês?Quem compõe é o Cambota. Mas na verdade as músicas surgem de temas que a gente cria na estrada, parecemos um bando de moleques em excursão, rimos demais. E ele consegue transpor isso musicalmente. Cada um tem seu estilo preferido, mas, até pela idade, temos as mesmas referências oitentis-tas, das bandas que faziam um rock bem-humorado.
Assim como o Língua de Trapo, vocês colocam em cada música um ritmo diferente de acordo com a letra. Como funciona isso?O rock sempre teve um sentido de transgressão, de se fazer o que quiser, usar o cabelo ou a roupa que quiser. Isso foi se perdendo com o tempo. Depois dos anos 90, o rock foi ficando uma coisa mais careta, muito apegada aos clássicos, aos anos 70, de tem que ser assim. Não era assim nos anos 80, e temos muito disso. Somos uma banda de rock, e por isso nos damos o direito de fazer qualquer ritmo.
Vocês somaram mais de 25 milhões de acessos no YouTube. Como conseguiram?Isso começou quando tocávamos em um boteco em Goiânia. Fizemos uma gravação tosca de um show e colocamos num CD com quatro músicas pra distribuir. Um cara pegou essa gravação, colocou uns slides com as letras e meteu no YouTube. Quando fomos ver, tinha uns 400 mil views. Percebemos que o caminho era esse, e fizemos um DVD, também tosco. Levamos duas câmeras pro boteco, filmamos e postamos os vídeos. Foi totalmente despretensioso, desorganizado. Mas mesmo depois da evolução da banda, com entrada de baixo e bateria, ainda ficamos muito tempo conhecidos com aquele esquema de barzinho, voz e violão.
Como surgiu a oportunidade de aparecer na “Garagem do Faustão”?Foi uma fã de São Paulo, que frequentava os shows que a gente chamava de ensaio aberto, na Vila Madale-na, que mandou um vídeo, sem sabermos. Recebemos um telefonema dizendo que o Faustão estava gravando uns programas pra quando ele entrasse de férias, e que queria a gente lá dali a 15 dias. Já estávamos com uma agenda bacana, tínhamos feito mais de 250 shows no Brasil inteiro. Mas claro que eram eventos pequenos. O Faustão deu uma amplitude bem maior. Ficamos mais de 20 minutos no ar. As bandas não tocavam mais que uma música, e tocamos seis.
O Danilo Gentili participou da composição de uma música do novo disco. Vocês já o conheciam antes de ele ficar famoso com o CQC?O Cambota também trabalha com stand-up em São Paulo e todos nós passamos a ter um convívio com o Gentili. Ele tinha um trabalho chamado A Pior Banda do Mundo, que fazia umas brincadeiras com umas músicas, e mostrou uma pro Cambota. Ele deu uma organizada na letra e fez um arranjo. Isso é legal porque dá uma visibilidade pra outra galera, que acompanha o Gentili.

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Vamos pedir Pedra Letícia na Virada Cultural 2012!!



A Secretaria de Cultura da Prefeitura de São Paulo se propôs a receber a lista de artistas e atrações solicitadas  pela campanha #ViradaInterativa, para a Virada Cultural 2012. 
Segundo uma nota enviada ao Catraca Livre, o coordenador do evento José Mauro Gnaspini se comprometeu a avaliar a possibilidade de incluir esses pedidos no evento, para fazer com que a Virada desse ano seja montada de maneira colaborativa.
O movimento  #ViradaInterativa já começou nesta semana no Twitter @catracalivre  e na FanPage do Catraca Livre http://www.facebook.com/CatracaLivre
Para pedir Pedra Letícia temos que postar o pedido junto com a hashtag #ViradaInterativa
Lembrando que a Virada Cultural acontece dias 5 e 6 de maio, então... temos um tempinho legal para pedir todo dia Pedra Letícia na Virada!!
Bora lá Pedreirada???????? 


Vamos agitar de vez a nossa obra!!!  #Eusoupedreiro #TocaPedraLeticia

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Pedra Letícia no A Lanterna

Para a alegria dos fãs de São Paulo e região, Pedra Letícia está de volta arrebentando no A Lanterna!

Dia 12 de janeiro, a  melhor banda do meio do mato  marcou presença e fez o  A Lanterna tremer!!

E a casa estava LOTADA!!!  O maior coro de Pedreiros e Pedreiras que eu já vi por lá!!!!

Abaixo, alguns registros para todo mundo curtir!!!























O vídeo foi feito pelo Pedreiro @andre_domanico.
Créditos das fotos: Andre Domanico /Joseane Domanico  Juliana Farina

Em breve vou atualizar com os vídeos que eu fiz!

E......Dia 09 de fevereiro tem mais!! Vamos reunir a pedreirada em mais uma noite FODA no A Lanterna!!

http://www.lanterna.com.br/



quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Pedra Letícia surpreende o Brasil no Agora é Tarde

Ontem o dia foi agitado não só para os mestres de obra, mas para todos nós, pedreiros, que fazem parte dessa construção!!!

Depois de curtir a participação dos meninos no Transalouca, o dia terminou bem com a participação da banda no programa "Agora è tarde",comandado por Danilo Gentili na BAND!!! 

As campanhas estão rolando a todo vapor no twitter, facebook, site de rádio e de programas de televisão!!! A participação deles no "Agora é tarde" faz parte de todo esse empenho!!!!

O programa recebeu muitas mensagens pedindo Pedra Letícia!! Fãs do Brasil inteiro se manisfestaram e a música "Ela traiu o Rock n' Roll" foi sucesso!!! 

Através do twitter, o Cambota e o Kuky  agradeceram a galera!!! 

 FABIANO CAMBOTA 

Muito obrigado a todas as msgs pelo programa ...mto feliz de ver como vcs nos ajudam. Valeu!!

 Kuky Sanchez 

Galera, foram muuuitas mensagens sobre o Pedra Letícia no Agora é Tarde, muito Obrigado a todos pela força de sempre!!! \o/

E a alegria não parou por ai: Pedra Letícia chegou aoTT Br e TT Mundial!!




 Pedra Letícia 
É Pedra Letícia nos TTs - Mundial

 Pedra Letícia 
Agora sim somos uma banda mundialmente desconhecida! Rá!  TTs Mundial!



Muita emoção para um dia só!!! 

Quem não viu VEJA, foi DEMAIS!!!  =) 

Quem já viu... veja de novo, compartilhe, espelhe e #TocaPedraLetícia!!!


15/12/2011 Danilo Gentili bate um papo com a banda Pedra Letícia


15/12/2011 Pedra Letícia toca no Agora é Tarde


Pedra Letícia no Agora é Tarde

Danilo Gentili bate um papo com a banda do meio do mato: Pedra Letícia....
14/12

Pedra Letícia no Transalouca

Dia 14 de dezembro foi dia de curtir o Pedra Letícia no Transalouca da Transamérica POP!!!

Foi sucesso!

Os meninos falaram sobre o sucesso da faixa #eusoupedreiro, que já é sucesso, mesmo antes do álbum chegar ás lojas!!

A música, está sendo divulgada pela galera e se tornou um viral na internet!!!!

Esse é o link da twitcam! Veja e "ouva", a entrevista foi bem legal!!!


quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Saiu no Leitura Musical: Rock and Roll com bom humor. Conheça a banda Pedra Letícia


Olá Pedreiros e Pedreiras!!

Hoje foi publicado uma matéria no blog Leitura Musical (www.leituramusical.com.br) sobre o Pedra Letícia!!!
Uma matéria bem legal apresentando a banda e contando um pouco de sua história.

Confira abaixo a matéria na íntegra:



Rock and Roll com bom humor. Conheça a banda Pedra Letícia 



Os irreverentes goianos da banda Pedra Leticia começaram sua escalada no mundo da música em 2005 apenas ao som de voz e violão, como de costume naquela região do país. Porém o intuito era diferente e foi assim que a banda começou a tocar nos bares da cidade. Aos pedidos do famoso “toca Raul”, o vocalista Cambota fez a primeira composição da banda, ‘Eu Não Toco Raul’.
O quinteto, hoje formado por Fabiano Cambota (vocal e violão), Zé Junqueira (bateria), Thiago Sestini (percussão), Xico Mendes (guitarra) e Kuky Sanchez (baixo), ganhou certa notoriedade com a música‘Como Que Ôce Pôde Abandonar Eu‘, que depois de uma apresentação da banda, o vídeo foi postado no youtube, isso em 2006.
As principais influências da Pedra Leticia são bandas brasileiras dos anos 80 como Ultraje a Rigor, Blitz e Lingua de Trapo. Logo após a gravação do seu primeiro disco, em 2009, a banda participou e venceu o quadro “Garagem do Faustão”, este que dava oportunidade a bandas novas do Brasil todo de mostrar seu trabalho dentro do programa Domingão do Faustão.
No mesmo ano a banda já partiu para a gravação de um CD/DVD ao vivo, “Ao Vivo e Sem Retoques”, em Curitiba(PR). O disco além de composições da banda também contava com covers inusitados como ‘O Meu Sangue Ferve Por Você’ e ‘Sandra Rosa Madalena’, ambas de Sidney Magal.
Em outubro de 2011 a Pedra Leticia lançou seu segundo álbum de estúdio, “Eu Sou Pedreiro”, com músicas que como eles mesmos dizem “apresentam versões bem humoradas de situações cotidianas”. Destaque para a música que dá nome a esse novo trabalho, e que fala sobre a forma como os homens abordam as mulheres, mais conhecida como a famosa “cantada de pedreiro”, de um jeito bem humorado.
Em meio a um mercado um tanto carente de bandas mais bem humoradas e escrachadas como o do rock brasileiro aliado ao excesso do “politicamente correto”, a Pedra Leticia vem com um rock and roll de muito bom humor e cumpre bem o que se propõe a fazer, vale a pena a audição.
Abaixo links para vocês ouvirem e procurarem mais informações sobre a banda.




terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Pedra Letícia no Estadão

E hoje foi dia de ler sobre Pedra Letícia no Estadão na coluna CULTURA do Estadão On Line!!


Banda Pedra Letícia combina humor e rock em 2º disco


AE - Agência Estado
Quando lançou seu primeiro disco, "Pedra Letícia", em 2008, a banda goiana Pedra Letícia cantava na música "Camioneta Zera" que o fato de serem de Goiás não significava, necessariamente, que deveriam ser músicos sertanejos. Todas as canções do álbum traziam um componente de humor que marcou o grupo. Mas a banda ainda tentava se encontrar quanto ao estilo, ora brega ora rock and roll. No novo disco deles, "#Eusoupedreiro", o humor continua lá, mas o rock prevaleceu.
O grupo, que antes era formado por três pessoas, agora está com cinco integrantes, incluindo um guitarrista e um baixista, que não existiam. "Eles deixaram nossas músicas mais pesadas", explica o vocalista Fabiano Cambota. Além dele, a banda é composta por Thiago Sestini (percussão), Zé Junqueira (bateria), Xiquinho (guitarra) e Kuky Sanchez (baixo), todos de Goiás, claro.
A pegada humorística, no entanto, continua. "É nossa marca registrada", diz Fabiano. Tanto é que quatro músicas foram escritas por Fabiano em parceria com Thales Augusto, três com o humorista Gus Fernandes e outra com o CQC Danilo Gentili. "Eu tinha um certo receio em compor com outras pessoas, mas perdi isso nesse novo disco", diz Fabiano. Esse humor fica evidente na música de trabalho "Eu Sou Pedreiro", que traz na letra versos como: "Baby, sou um pedreiro parente/Se for pra você minha obra é prima / Baby, seu corpo é um bagageiro/Baby, você tá com tudo em cima".
No primeiro disco, as letras eram mais pesadas, com um humor voltado para o público adulto. Mesmo assim, segundo o vocalista, a banda chegou a fazer matinês com crianças na plateia. "Não cantávamos as músicas mais pesadas e, no fim do show, as crianças vinham nos perguntar por que não tocamos tal música", lembra. Por causa disso, ele se aventurou também no universo infantil. É o caso de "A Banda do Meio do Mato", que traz uma letra fofa sobre animais.
A banda Pedra Letícia surgiu em 2005, em Goiás. Depois de postar no YouTube vídeos deles tocando, ao vivo, músicas como "Como Que Ocê Pôde Abandoná Eu?", o grupo ganhou notoriedade. Desde então, seus vídeos foram vistos mais de 25 milhões de vezes.
Em 2008, depois de lançarem o primeiro disco, eles foram os campeões do quadro "Garagem do Faustão", na Globo. O novo álbum já está à venda nas lojas, mas, em breve, a banda promete disponibilizar para download as novas faixas, no site www.myspace.com/pedraleticia. As informações são do Jornal da Tarde. 


sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Entrevista para Kboing

Oii, e aii pedreiros e pedreiras de plantão, tudo bem?
Faz algum tempo que estamos todos juntos empenhados em pedir Pedra Letícia nas rádios, e todos com um mesmo propósito: divulgar essa banda que gostamos tanto, pra que todos possam conhecer e desfrutar de música boa né.
Hoje, dia 02 de dezembro, no site www.kboing.com.br foi publicada uma entrevista com o Fabiano Cambota sobre a banda, as musicas do novo cd Eu Sou Pedreiro, entre outas coisas.
Vale a pena conferir essa entrevista, e o link é esse: http://www.kboing.com.br/entrevistas/Entrevista-Pedra-Leticia+11120209294804.html
Então é isso pessoal, vou ficando por aqui, valeu, beijão.

sábado, 19 de novembro de 2011

Resolução (versão Proibidão)

Fiquei impressionado,a tantos anos sendo fã deles,só conheci essa versão agora.....
pesquisando musicas encontrei essa versão,que foi censurada...